Monday, July 10, 2006

27. Conteúdo proposicional e modo

Considere as seguintes situações: a) você informa que seu gato está dormindo no capacho; b) você pergunta se seu gato está dormindo no capacho; c) você pede a alguém para colocar seu gato a dormir no capacho. Destas três situações seria possível dizer o seguinte: em todas elas há um mesmo conteúdo (proposicional): o cato está no capacho; na primeira delas, você informou isso; na segunda você pergunta se ocorre alguma coisa; na terceira, você pede para alguém fazer acontecer algo, a saber, que o gato venha a estar no capacho. Dizemos que essas três situações correspondem a três distintos modos: indicativo, interrogativo, imperativo. Uma outra forma de se referir a esse fenômeno é dizer que temos um mesmo conteúdo propocional com diferentes forças assertóricas.

3 Comments:

Blogger César said...

Não sei se tratar a diferença como uma diferença entre forças assertóricas é uma boa idéia. Não será, antes, uma diferença de atitudes proposicionais?

Por exemplo, S pode afirmar, perguntar ou desejar que o gato esteja no capacho. São diferentes atitudes frente ao mesmo conteúdo. Serão diferentes forças assertóricas frente ao mesmo conteúdo? Soa estranho.

8:42 AM  
Blogger Ronai Rocha said...

De fato. Essa noção de 'força assertórica' é problemática. Talvez ela não devesse ser introduzida sem que a gente esclarecesse certas consequencias de simplificação que ela acarreta, na linha dos argumentos de Baker e Hacker, no Language, Sense and Nonsense. Obrigado pela observação!

7:24 AM  
Blogger Romulo said...

Não sei se posso estar parecendo tolo. N

8:40 AM  

Post a Comment

<< Home